PITTER LUCENA

Jornalista acreano radicado em Brasília

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil
PageRank

sexta-feira, setembro 29, 2006

REFRESCANDO A MEMÓRIA SOBRE O GOVERNO LULA E O PT

Vale refrescar a memória sobre as estripulias do presidente Lula e seus amigos nos últimos três anos de governo do PT. Mais quatro anos com essa turma que transformou a política brasileira num mar de lama será de lascar. Mas quem decide é o povo brasileiro. Depois das inúmeras denúncias de corrupção dentro do governo petista, amigos do presidente continuam caindo e, ele, Lula, não deve continuar mantendo o cargo por muito tempo. A história dirá.

Março 2003
* A cadela de Lula Michele usa carro oficial com motorista.

Abril 2003
* Programa Fome Zero gastou R$ 42 milhões apenas em despesas com viagens, estudos e logística.

Junho 2003
* José Dirceu utiliza avião da FAB para campanha política em Cruzeiro do Oeste.

Julho 2003
* Escândalo do DNIT no favorecimento da empreiteira Queiroz Galvão, envolvendo o ministro dos Transportes Anderson Adauto e Sérgio Pimentel.

Agosto 2003
* Licitação para a compra de "gêneros básicos":
- 600kg de bombom Sonho de Valsa;
- 2.000 vidros de pimenta envelhecida em barril de carvalho
- 7.000 pacotes de biscoito recheado; entre outros.

Setembro 2003
* Ministra Benedita da Silva viaja à Argentina para um evento religioso com dinheiro público.

Outubro 2003
* Governo confirma que Lula gastou o dobro de FHC com viagens e diárias.

Novembro 2003
* "Operação Gafanhoto" da Polícia Federal pega o governador do PT em Roraima, Flamarion Portela.

* Presidência da República abre várias licitações para a compra de artigos de luxo, como:
- roupões de banho com fios de algodão egípcio,
- 160 jogos americanos coloridos,
- ampliação da churrasqueira da Granja do Torto a um custo de R$ 92 mil,
- equipamentos de mergulho.

Dezembro 2003
* PT expulsa os deputados Babá, João Fontes, Luciana Genro e a senadora Heloisa Helena, por falarem a verdade sobre a postura incoerente do partido.

* Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná), dirigida por um amigo do ministro José Dirceu, recebe R$ 1 milhão em verbas de emendas parlamentares. A entidade foi criada três meses antes.

Janeiro 2004
* Governo brasileiro anuncia que gastará 57 milhões de dólares na compra do novo avião para o presidente Lula.

Fevereiro 2004
* Explode o escândalo dos bingos. Waldomiro Diniz, assessor do então ministro da Casa Civil José Dirceu, extorque empresários para arrecadar fundos para o PT.

Março 2004
* Governo barra CPI de Santo André, para investigar a morte do ex-prefeito Celso Daniel e a morte de mais 6 testemunhas no caso.

Abril 2004
* Uma estrela gigante do PT é colocada nos jardins do Palácio da Alvorada, total desrespeito e falta de ética.

Maio 2004
* Promotores movem ação contra ONG Agora, que assinou contratos irregulares com o Ministério do Trabalho. A entidade comandada por Mauro Dutra, amigo do peito de Lula, é acusada de desviar recursos por meio de notas frias.

* Publicação de reportagem no jornal The New York Times sobre problemas do presidente Lula com bebida. O Planalto decide expulsar do país o jornalista americano Larry Rother, mas recua após a péssima repercussão do episódio.

* Planalto faz licitação para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky. Festinha com dinheiro público.

Julho 2004
* O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, é acusado de evasão de divisas. Ganhou do presidente da república fórum privilegiado para responder a ilícitos penais passando a ter status de "ministro de estado".

* O presidente do Banco do Brasil, Cássio Caseb, é envolvido no escândalo da compra de 70 mesas para o show da dupla sertaneja "Zezé Di Camargo e Luciano", a um custo de R$ 70 mil. No show, foram arrecadados R$ 500 mil, sendo que R$ 250 mil acabaram doados ao PT em prol da construção da nova sede do partido nos Jardins (São Paulo).

* Lula perdoa dívida de US$ 52 milhões que a Bolívia tinha com Brasil e anunciou a abertura de uma linha de crédito do BNDES à Bolívia construir uma rodovia entre Puerto Suarez e Santa Cruz de La Sierra. Enquanto isso as estradas do Brasil continuam abandonadas.

Agosto 2004
* Lula vai ao Gabão aprender com o ditador Omar Bongo "como ficar 37 Anos no poder". O petista desfilou em carro aberto ao lado de Bongo. Lula ainda perdoou a divida do Gabão com o Brasil no valor 36 milhões de dólares.

* Lula perdoa a divida do Cabo Verde com o Brasil no valor 2,7 milhões de dólares.

Setembro 2004
* Polícia Federal executa a "Operação Vampiro" no Ministério da Saúde prendendo quadrilha que desviava recursos destinados à compra de remédios e derivados do sangue. Os "cabeças" da falcatrua eram funcionários nomeados por Humberto Costa.

* O escândalo da compra do PTB. Para ter o apoio, o PT ofereceu cargos e R$ 150 mil a cada deputado do PTB. O não cumprimento da promessa teria provocado o rompimento entre os dois partidos, o que culminou com a série de denúncias de corrupção em 2005.

* Lula anunciou o perdão de 95% da dívida pública de Moçambique com o Brasil. O valor total é de US$ 331 milhões, dos quais o Brasil perdoou US$ 315 milhões.

Outubro 2004
* Publicitário Duda Mendonça é preso numa rinha de galos no Rio de Janeiro.

* Justiça condena Lula a pagar multa de R$ 50 mil por pedir votos para Marta Suplicy em evento oficial.

Novembro 2004
* O Planalto torra R$ 125 milhões no cartão de crédito corporativo em 2003 e R$ 53 milhões até agosto de 2004, apenas em despesas de pequeno porte.

Janeiro 2005
*Chega ao Brasil o novo avião presidencial que custou 57 milhões de dólares. Comprado sem licitação, o avião custou aos cofres públicos o equivalente a 154 milhões de reais. O chamado "Aerolula" possui decoração de luxo digna de um palácio voador. Capacidade para 40 passageiros e 12 tripulantes, suítes presidenciais, sala de reunião, TV com tela plana, DVD, poltronas executivas, três copas, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sistema de comunicação por satélite, sistema de defesa militar contra ataque de mísseis.

Abril 2005
* Lula diz que juro alto é pago por comodismo das pessoas que "não levantam o traseiro" da cadeira para buscar um banco mais barato.

Maio 2005
* Escândalo dos Correios. Maurício Marinho funcionário indicado do PT nos Correios é flagrado explicando a dois empresários como funcionava o esquema de pagamentos de propina para fraudar licitações e embolsando a quantia de R$ 3 mil para realizar uma fraude.

* Amazônia tem o segundo maior desmatamento da história. O esquema do PT no Pará descoberto no mês seguinte explica.

Junho 2005
* O governo libera R$ 400 mil na forma de emendas ao orçamento, como moeda de troca para o Legislativo não fazer nenhuma investigação sobre o caso.

* Escândalo do Mensalão. Roberto Jefferson denuncia que Delúbio Soares, tesoureiro do PT pagava uma mensalidade de R$ 30 mil a alguns deputados, para que eles votassem a favor do bloco governista.

* Denunciado o esquema do plano Safra Legal. Filiados e parlamentares petistas ligados ao Ibama facilitavam a extração ilegal no Pará em troca de doações de madeireiros para campanhas de candidatos do PT. O chefe do esquema, Marcílio Monteiro foi indicado em 2003 para o cargo pela senadora Ana Júlia Carepa (PT), com quem foi casado. Parte da propina era depositada nas contas bancárias de Maria Joana da Rocha Pessoa, assessora da senadora Ana Júlia. Em 2004, houve um total de depósitos de mais de 2 milhões de reais nas contas dela, a maior parte feita em dinheiro vivo e em datas próximas de pleitos eleitorais. Os caminhões das empresas que compravam as licenças usavam um adesivo com a inscrição: "oPTante do Plano Safra Legal" - com as letra "P" e "T" destacadas para que os veículos fossem dispensados da fiscalização.

* Instaurada a CPMI dos Correios.

* José Dirceu envolto nas denúncias renuncia ao Ministério da Casa Civil.

* Roberto Jefferson (PTB-RJ) depõe para a CPMI dos Correios com o olho esquerdo roxo. Ele denuncia a nomeação de cargos do PT nos fundos de pensão.

Julho 2005
* Documento liga Marcos Valério ao PT: empréstimo bancário de R$ 2,4 milhões em que Valério é avalista (e chega a pagar do bolso a primeira parcela de R$ 300 mil). O documento estava assinado por Delúbio e pelo presidente do PT, José Genoíno.

* Silvio Pereira, o Silvinho, afasta-se do cargo de secretário-geral do PT, face às acusações de Roberto Jefferson de que era o "gerente do mensalão".

* Delúbio Soares licencia-se do cargo de tesoureiro do PT.

* Revelado um empréstimo de R$ 20 milhões do Banco do Brasil (BB) ao PT, sem que o contrato tivesse avalistas ou garantias. A "facilidade" de acesso ao crédito do BB pelo PT seria em troca de indicação por membros do PT a diretoria do banco.

* José Adalberto Vieira da Silva, assessor de José Nobre Guimarães (que, por sua vez, é irmão de José Genoíno) é preso pela Polícia Federal, no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos/SP, com R$ 200 mil reais em dinheiro numa mala e US$ 100 mil na CUECA.

* José Genoíno pede demissão da presidência do PT e José Adalberto perde o cargo de assessor.

* Luiz Gushiken perde o status de ministro, titular da Secretaria de Comunicação de Governo e Gestão Estratégica (Secom) com suspeita de relações espúrias com clientes de fundos de pensão sob seu comando.

* Revelações: VEJA mostra que a Gamecorp, empresa de Fábio Luis da Silva, filho de Lula, recebeu 5,2 milhões de reais da Telemar. Lulinha, formado em biologia, até 2003 dava aulas de inglês e informática e vivia de subempregos. Em dezembro de 2003, essa situação mudou. Melhor que tudo: Fábio não teve de investir um único real. O negócio foi bancado quase que integralmente pela Telemar, a maior companhia de telefonia do país. No fim de 2003, Fábio Luís abriu em São Paulo a G4 Entretenimento e Tecnologia Digital. O que se viu a partir da criação da G4 foi uma surpreendente ascensão. Ao contrário do que se poderia esperar no caso de uma empresa recentemente constituída e desconhecida no mercado, a receptividade aos papéis da Gamecorp foi mais do que boa: foi sensacional. No dia 6 de janeiro, elas foram adquiridas pela Telemar. No dia 31 do mesmo mês tornou-se sócia da empresa do filho de Lula. A Telemar é uma companhia de mercado, mas tem dinheiro público na composição de seu capital. É em parte uma empresa pública, pois 55% de suas ações pertencem ao Banco do Brasil, ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a fundos de pensão de estatais. A Telemar é uma empresa concessionária de serviços públicos que dependem de concessão do governo federal. Nessa condição não pode ter relações comerciais com o filho do presidente.

* Durante a entrevista Lula afirma "O que o PT fez no ponto de vista eleitoral o que é feito no Brasil sistematicamente por outros partidos", em uma clara demonstração que caixa dois é NORMAL.

* Silvio Pereira depõe na CPI dos Correios, nega-se a esclarecer a acusação de que teria ganhado uma Land Rover, paga a vista por José Paulo, funcionário da GDK. A empresa ganhou em 2004 um contrato de R$ 90 milhões junto à Petrobrás. Silvio Pereira, cujo salário como funcionário do PT é de R$ 9 mil, tem renda incompatível com seu patrimônio, que inclui uma casa e uma cobertura em São Paulo, além de uma mansão em Ilha Bela.

* Instaurada a CPMI da Compra de Votos (ou CPI do mensalão).

* Ex-mulher do deputado federal Valdemar Costa Neto (PL-SP) denuncia que o PT recebeu doação de 2 milhões de dólares de empresários de Taiwan e que Valdemar ficou com 20%.

* Lula declara que "está para nascer alguém que venha querer discutir ética" com ele.

* Silvio Pereira admite que aceitou presente de um empresário com interesses em licitações e pede sua desfiliação do PT.

Agosto 2005
* Renúncia do deputado federal Valdemar Costa Neto, presidente do PL.

* Roberto Jefferson denuncia que emissários do PT e do PTB foram a Portugal pedir dinheiro a Portugal Telecom, que seria usado para saldar as dívidas dos dois partidos.

* Deputado Paulo Pimenta do PT frauda lista com nomes de supostos beneficiados de Marcos Valério. Desmoralizado renuncia ao cargo de relator da CPI do Mensalão.

* Duda Mendonça depõe na CPMI dos Correios e afirma ter aberto conta num paraíso fiscal para receber o pagamento pelo seus serviços prestados ao PT nas campanhas de 2002 e 2004. O pagamento teria sido feito com dinheiro de Caixa Dois.

* Ex-deputado Valdemar Costa Neto diz que Lula e José Alencar sabiam sobre a doação de R$ 10 milhões do PT para o PL para formar uma aliança na eleição presidencial de 2002. A Presidência da República admitiu a negociação e afirmou que foi uma negociação pública normal, sem nenhuma irregularidade.

* O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em pronunciamento transmitido em cadeia de televisão diz: "O PT tem que pedir desculpas. O governo, onde errou, tem que pedir desculpas...". Sem citar nomes ele diz: "Eu me sinto traído".

* Advogado Rogério Buratti é preso em Ribeirão Preto acusado de lavagem de dinheiro. Ele trabalhou como secretário municipal de Ribeirão Preto, na gestão do então prefeito Antonio Palocci.

* Escândalo do Lixo em Ribeirão. Buratti revela suposto esquema de recebimento de dinheiro "por fora" de diversas prefeituras do PT no interior de Minas Gerais e São Paulo. Acusa o Ministro da Fazenda Antonio Palocci de ter recebido 50 mil reais de empresas de coleta de lixo.

* Polícia Federal prende Francisco Antonio Cadenas Collazzos, representante das FARC (Colômbia). Ele participou em março de uma festa em Brasília com integrantes do PT. Segundo relatórios da Abin, Collazzos doou 5 milhões de dólares para a campanha de Lula, em 2002.

* Lula fala que seguirá o exemplo do ex-presidente Juscelino Kubitschek.

Setembro 2005
CPIs dos Correios e do Mensalão aprovam relatório que sugere a cassação de 18 parlamentares envolvidos no escândalo.
São eles:
- Carlos Rodrigues (PL-RJ),
- João Magno (PT-MG),
- João Paulo Cunha (PT-SP),
- José Borba (PMDB-PR),
- José Dirceu (PT-SP),
- José Janene (PP-PR),
- José Mentor (PT-SP),
- Josias Gomes (PT-BA),
- Paulo Rocha (PT-PA),
- Pedro Correia (PP-PE),
- Pedro Henry (PP-MT),
- Professor Luizinho (PT-SP),
- Roberto Brant (PFL-MG),
- Roberto Jefferson (PTB-RJ),
- Romeu Queiroz (PTB-MG),
- Sandro Mabel (PL-GO),
- Valdemar Costa Neto (PL-SP) que já havia renunciado um mês antes
- Vadão Gomes (PP-SP),
- Wanderval Santos (PL-SP).

* Lula condecora Severino Cavalcanti, presidente da Câmara dos Deputados, com a medalha da Ordem do Rio Branco.

* Escândalo do Mensalinho.Esquema de extorsão praticado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti, contra o dono de um restaurante do Congresso.

* João Francisco Daniel, irmão do ex-prefeito de Santo André (SP) Celso Daniel, em depoimento para a CPI dos Bingos, conta que o chefe de gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho, sabia sobre o suposto esquema de corrupção na Prefeitura administrada por seu irmão.

* Deputado Bispo Rodrigues (PL-RJ), um dos 18 que poderiam sofrer processo de cassação, renuncia ao mandato.

* Câmara dos Deputados cassa o mandato do deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ).

* O doleiro Toninho da Barcelona depõe para a CPMI dos Correios, do Mensalão e Bingos, numa reunião conjunta. Condenado pela Justiça por crimes contra o mercado financeiro, Barcelona, descreve para as CPIs as operações de lavagem de dinheiro para o PT.

* Severino Cavalcanti renuncia.

* A presidente do Banco Rural, Kátia Rabello, durante depoimento no Conselho de Ética alega que "o Banco Rural foi usado" por Marcos Valério. Kátia conta que Valério agendava encontros entre a direção do banco e o Ministro José Dirceu.

* Lula recebe o Presidente da Venezuela Hugo Chávez para assinatura de acordos entre a Petrobrás e PDVSA. Durante a solenidade Lula diz que "a Venezuela tem democracia em excesso".

Outubro de 2005
* Silvio Pereira em entrevista diz que ele e outros integrantes da Executiva Nacional do PT sabiam sobre o dinheiro ilegal ("caixa dois") usado pelo partido.

* Lula reclama de URUCUBACA por parte de "quem torce contra o governo".

* Morre a sétima testemunha do caso Celso Daniel. Carlos Delmonte Printes, 55 anos, médico-legista que examinou o corpo do prefeito de Santo André.

* Conselho de Ética do PT finalmente expulsa Delúbio Soares do partido, cinco meses depois de Roberto Jefferson fazer as primeiras denúncias do mensalão.

* O juiz afastado João Carlos da Rocha Mattos declara para a CPI dos Bingos que o chefe de gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho, não teve interesse na apuração do assassinato de Celso Daniel e que Gilberto Carvalho "é a chave para elucidar a morte de Celso Daniel".

* Escândalo das caixas de Cuba. Revista Veja traz uma matéria de capa afirmando que a campanha de Lula à Presidência, em 2002, foi financiada com dinheiro vindo de Cuba. O dinheiro foi transportado escondido em caixas de bebida e entregue ao então tesoureiro Delúbio Soares.

* Referendo sobre o comércio de armas de fogo e munição: "Não" venceu referendo com 63,94% dos votos, ou seja, foram contra a proibição do comércio de armas de fogo e munição no País. O "não" conseguiu capitalizar uma insatisfação quanto à obrigatoriedade do próprio referendo, um protesto em relação ao governo e à segurança pública, a tentativa de desviar o foco das atenções da corrupção e a insignificância da questão em meio a outras mais importantes. Além disso, o desarmamento da população é historicamente um dos pilares do totalitarismo. Hitler, Stalin, Mussolini, Fidel Castro e Mão Tse-Tung estão entre os que proibiram o povo de possuir armas.

Novembro 2005
* Anunciado relatório parcial das atividades da CPI. Cerca de 10 milhões de reais foram desviados do Banco do Brasil através da Visanet para as contas do empresário Marcos Valério, que por sua vez, repassou essa quantia para o PT. O chamado VALERIODUTO.

* O piloto Alécio Fongaro confirma que no dia 31 de Julho de 2002 levou em avião, Vladimir Poleto e mais três caixas de papelão lacradas, numa viagem de Brasília até Campinas. A rota do avião é confirmada pelo DAC. O avião teria transportado as caixas de bebidas com dinheiro ao PT.

* Poleto confirma que transportou 3 caixas de bebida de Brasília a Campinas, porém nega o transporte de dinheiro.

* Lula concede entrevista para o Roda Viva da TV Cultura e declara que o mensalão nunca existiu e que é "folclore do Congresso Nacional" e defende o ex-ministro José Dirceu e os acusados do mensalão.

* A assessoria de imprensa da Presidência da República admite que Lula assistiu ao filme Dois Filhos de Francisco num DVD PIRATA.

* O governo promete liberar até R$ 1,2 bilhão em verbas para deputados e senadores que resolverem retirar suas assinaturas do requerimento que pede a prorrogação da CPI.

* Chega ao fim a CPI do Mensalão, sem ter sido aprovado o seu relatório final. Os parlamentares não conseguiram obter votos para a prorrogação dos trabalhos. A manobra do governo surtiu efeito.

* Paulo Okamoto, presidente nacional do Sebrae, explica de forma pouco convincente para a CPI dos Bingos como pagou uma dívida do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

* O deputado João Paulo Cunha (PT-SP) declara para o Conselho de Ética que sacou R$ 50 mil da conta da agência de publicidade SMPB, do empresário Marcos Valério.

* Lula elogia o Ministro da Fazenda Antonio Palocci e compara-o ao Ronaldinho Gaúcho. Lula afirma que a morte do prefeito Celso Daniel foi um acidente e um crime comum.

* José Dirceu leva dois golpes de BENGALA na cabeça dentro da Câmara dos Deputados.

Dezembro 2005
* José Dirceu finalmente é cassado com 293 a favor da cassação e 192 contra, as 00h03min dia 1º de dezembro, depois de várias manobras judiciais para tentar escapar do processo.

* Tribunal Superior Eleitoral condena Lula a pagar uma multa no valor de R$ 30 mil por ter divulgado propaganda eleitoral antecipada.

Falta contar o que aconteceu e está acontecendo em 2006. Acreditamos que as lembranças ainda são recentes. É pouco ou quer mais?

1 Comments:

Blogger fernando said...

Belissimas reportagens,pena que nosso povo seja analfabeto.
Mesmo não tendo votado nele,achei que ao menos a ética ,melhoraria,mas.............
Sucesso pra vc.
Fernando

5:39 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

FOTOS PITTER LUCENA