PITTER LUCENA

Jornalista acreano radicado em Brasília

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil
PageRank

sábado, setembro 13, 2008

IMBELECTUAIS DA MÚSICA BRASILEIRA

Ouvindo João Donato, Nara Leão, Tom Jobim, João Gilberto, Carlos Lira e tantos outros bambas da música brasileira, percebe-se que o brasileiro, ou melhor, a juventude brasileira, perdeu o bonde da história musical nos últimos 20 anos. Não ouvimos mais uma boa letra e, muito menos, uma boa música ou uma boa canção. Nós, dinossauros de apenas 30 anos, somos obrigados pela mídia a ouvir o besteirol do creu, bundinha, garrafinha e tantas outras imbecilidades. A televisão e o rádio são os responsáveis por tudo isso que está acontecendo. Sabem do erro que cometem, mas não importa. A resposta deles é o apelo popular, que trocando em miúdos, apelo do lucro, e por isso a morte da boa música está praticamente decretada.

Estamos chegando ao tempo de que para ouvir uma boa música brasileira, digo música de boa qualidade, só se for em nossa própria casa. Onde estejamos a porcaria musical está instalada. Nas ruas, os malucos filhinhos de papai passeiam com seus carrões importados com som treme prédios. Nos bares, com raras exceções, a situação é a mesma. Em boates e similares nada muda. Até em festas de criança de um ano de idade, criança não tem como opinar, o som, é sempre, o mesmo bate-estaca. É créeuuuuuuuu... para tudo que é lado. Pelo amor de Deus, parem as máquinas, pare o mundo, eu quero descer. Não agüento mais.

Nos últimos dez anos os cabeças de abóboras musicais do Brasil, com exceções é claro, estão trabalhando com o marketing de massa. Focaram a música ao sexo. Nada a ver no contexto, puramente musical. Uma coisa é uma coisa e a outra é sexo. No mais puro lixo musical está esse gênero chamado bunda. Essa parte do corpo humano, principalmente da mulher, não deveria ser relacionada à música. Falo dessa relação música com o vulgar. A música é mágica, não tem língua, dialeto, cor, raça e, por ai vai. Ela é mágica desde a sua essência, para ser ouvida, sentida na alma, no coração e no sentimento mais profundo que possa existir na face da terra.

Estamos vivendo a era dos imbelectuais da música brasileira. Não desmerecendo a arte do criar, fazer, porque tudo é arte seja qual o seu campo. Mas, sejamos sensatos, a música brasileira deve ser mais cuidada e, a mídia, principalmente, mais cuidado com divulgação exacerbada desse produto. A música é um dos reflexos culturais de seu povo e, se nós, temos essas divagações, o resultado futuro é indefinido.

Quando escuto música clássica e os grandes nomes da música brasileira, tenho certeza que nada será esquecido e, com certeza, deixarei para meus netos obras de artes feitas no meu tempo. O que virá não sei. Com certeza não serei um imbelectual dando conjecturas de arte ou coisa do gênero aos filhos do futuro. Espero que meus netos, pela educação dada pelos meus filhos, possam melhorar a receita musical em algum pedaço desse país.

Enquanto isso vamos levantar a bandeira contra os imbelectuais brasileiros. Esses que cantam com a bunda, a garrafa, o sexo, a calcinha... abaixo esses imorais da música brasileira.

Marcadores:

1 Comments:

Anonymous Luis Celso said...

Meu Amigo, para variar temos um tópico semelhante ao seu assunto e coloquei seu artigo lá.
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=2826730&tid=5246338565637313209
Abraços,
Luis Celso

6:52 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

FOTOS PITTER LUCENA