PITTER LUCENA

Jornalista acreano radicado em Brasília

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil
PageRank

quarta-feira, junho 04, 2008

VIDA DE REPÓRTER

Se alguém pensa que a vida de repórter é mel na chupeta, pode tirar o cavalo da chuva. Ela é dura. Para ser mais claro: fudida, mas divertida.

Segundo o Google, ser jornalista é: andar de um lado para o outro.
Ser jornalista é saber ver o que está acontecendo.
Ser jornalista é ser a testemunha da história.
Ser jornalista é uma tarefa complicada.
Ser jornalista é questionar muito, ouvir sempre e acreditar de vez em quando.
O jornalista é um alguém que errou a profissão.
Ser jornalista é estar constantemente de antenas ligadas.
O melhor de ser jornalista é a possibilidade de um dia deixar de sê-lo.
Ser jornalista é ser o fiscal da sociedade.
Ser jornalista requer responsabilidade, humildade e principalmente ter a ética como sua religião, não só em relação à carreira, mas também em relação a sua vida pessoal.
No nosso país de semi-analfabetos, ser jornalista é estar no Olimpo.
Ser jornalista é ser Shakespeare da Nota Palpitante do Dia.
Ser jornalista é uma das profissões mais fodas.
Para ser jornalista, é preciso bem mais do que talento no trato com as palavras.
Ser jornalista é necessário ter vocação e não estudos acadêmicos. (Muito boa essa!!!) Ser jornalista é isto: contar histórias. (já diz o Faxina e não é de hoje!)
O que é ser jornalista? É se dedicar ao trabalho arduamente e ter tempo para o lazer também. Sim, ser jornalista é a melhor coisa do mundo!
Hoje, ser Jornalista é ser um profissional da Informação.
O negócio é que ser jornalista é foda.
Ser jornalista é ser missionário da informação.
Ser jornalista é isso mesmo desagradar gregos e troianos.
Ser DJ e ser jornalista é parecido num certo sentido. (?????)
Ser jornalista é estar em contato e produzir material para diversos públicos.
Ser jornalista é símbolo de proteção. (Por quem?)
Ser jornalista é ter inclinação para tanto.
Ser jornalista é uma função castradora. (Ótima)
Ser jornalista é uma profissão. (Ainda bem... affff)
Ser jornalista é, antes de tudo, ser responsável.
Ser jornalista é gratificante, tem o seu lado bom e o seu lado ruim. (Jura?)
Ser jornalista é, antes de tudo, uma pessoa ambiciosa em participar ativamente da comunidade e se comunicar com todos.
Ser jornalista é pertencer a uma profissão bem digna.
Ser jornalista é "limpar" o que fazem os "escritores".
Ser jornalista é como ser mãe: é padecer no paraíso.
Ser jornalista é ler tudo: filosofia, economia, revista Caras e almanaques.
Ser Jornalista é meu "número um" profissional.
Ser jornalista é mais que uma profissão, é um estado de ser, é estar do lado da verdade e agir imparcialmente até as últimas conseqüências.
Pior que ser jornalista é ser programador.
O duro de ser jornalista é que faz parte da nossa profissão lidar com notícias ruins.
Ser jornalista é ter compromisso com a liberdade, e ser fiel àquilo que abraçou.
Ser jornalista é ser do contra, enfrentar o estabelecido, dar voz aos silenciados, assumir o patrocínio das causas impopulares, sobretudo das mais impopulares e mais claramente dadas como perdidas.
Ser jornalista é muito cool.
Ser jornalista é um dom de Deus.
Ser jornalista é uma profissão pouco afrodisíaca.
Ser jornalista é tomar partido.
Ser jornalista é perigoso.
Ser jornalista é legal pra caralho!
Ser jornalista e repórter é assistir a realidade na primeira fila.
Ser jornalista é uma ocupação como qualquer outra.
Ser jornalista é viver cada momento de sua vida atento as novas mudanças na sociedade.
Ser jornalista é ser neurótico, não ter horário, é ser chato, perguntar, falar sobre jornalismo e viver para o jornalismo.
Ser jornalista é ser ousado, pensar rápido e escrever bem.
Ser jornalista é a minha profissão, não o meu hobby.
Ser jornalista é também tomar muito café (e cerveja, whisky...)
Ser jornalista é fumar como um louco (para os viciados de plantão, é claro)
Ser jornalista é passar madrugadas escrevendo, editando, corrigindo.
Ser jornalista é segurar o estômago pra ver o que só louco gostaria de ver.
Ser jornalista é ser também louco e ver notícia até no piripaque da vovó.
Ser jornalista é agüentar papo "cult" e se fingir de interessado.
Ser jornalista é ser "cult" e se fingir de mais "cult" ainda.
Ser jornalista é assistir ao último filme de um famoso diretor da Dinamarca e elogiar o movimento de câmera da cena 147, tomada 28.
Ser jornalista é comer coxinha na segunda e escargot no dia seguinte...
Jornalista é tudo isso e pode, melhor, deve ser muito mais.
Ser Jornalista é acima de tudo ser ético, responsável, justo, honesto e realista.
Se ser jornalista é ver apenas aquilo que interessa-lhe, então você deve arranjar outra profissão.
Ser jornalista é sem dúvida uma grande valentia.
Ser jornalista é apresentar o telejornal? (Tem gente que acha que sim)!
Para ser jornalista, é preciso ter uma formação cultural sólida, científica ou humanística.
Ser jornalista é, simplesmente, ser um operário da palavra.
Ser jornalista é saber informar para transformar.
Ser jornalista é levar além o simples falar sobre o que salta aos olhos.
Ser jornalista é dar a verdade a conhecer, no seu todo e imparcial.
Ser jornalista é bom.
Ser jornalista é... A resposta está aqui. Curiosa, é a tabela de remunerações!
Ser jornalista é ser uma lebre na hora de entregar o texto, mas ser tartaruga para receber.
Ser jornalista é assim: você busca qualquer tipo de informação.
Ser jornalista é cada vez mais semelhante à figura de "treinador de bancada".
Ser jornalista é tão difícil e tão.. atraente!
Ser jornalista é apenas uma profissão, nada mais do que isso.
Ser jornalista é ser dedicado a uma concepção idealista.
Ser jornalista é hoje recolher notícias que outros embrulham no meio da publicidade e da propaganda.
Para ser jornalista é fundamental ser livre e ter: talento, cultura e credibilidade.
Para ser jornalista é preciso ter veneno na veia.
Ser jornalista é ter mais que um ofício, é ter um dever moral.
Ser jornalista é lidar diariamente com a pior escumalha que se pode encontrar: Gente ambiciosa, desonesta, incompetente, interesseira, mafiosa.
Ser jornalista é ter de tratar esses escroques, uma espécie de percevejos nojentos, como se fossem pessoas de bem.
Ser jornalista é assistir, como se fosse natural, às mudanças de funções de resmas e resmas de incompetentes.
Ser jornalista é estar sujeito ao vexame de tentativas de corrupção mais ou menos óbvias.
Ser jornalista é pior do que engolir constantemente sapos vivos.
Ser jornalista é ter um acesso direto aos que fazem o mundo acontecer e ter a possibilidade de contar as novidades aos outros.
Ser jornalista é diferente de ser apresentador de televisão. (Graças a Deus, se não Luciana Gimenez seria uma jornalista! Afff)
Ser jornalista, é que é um bocado chato.
Ser Jornalista é o narcisismo! (A gente sabe, a gente sabe... rs rs rs)
Ser jornalista é diferente de ser escritor. (Em partes isso é bom... se não Paulo coelho tbm seria jornalista!!!)
Ser jornalista é acima de tudo informar e não tecer considerações ignorantes e profundamente atentadoras do direito à imagem das pessoas.
Ser jornalista é um ofício, igual ao de um médico.
Ser jornalista é ser imparcial e ter liberdade para dizer.
Ser jornalista é só coisas boas... (pois sim, pois sim...)
Ser jornalista é que ta difícil pra caramba...
Ser jornalista é um futuro.
Ser jornalista é ainda mais complicado.
Ser jornalista é poder está sempre a frente dos acontecimentos.
Ser jornalista é encarar os fatos acima do entendimento comum.
Hoje, ser jornalista é moda, como ser modelo, ator de telenovela ou amante de desportos radicais.
O fascinante de ser jornalista é que parece que se anda um passo à frente do próprio mundo. Dizia sempre com muita pretensão: quando crescer vou ser jornalista e vou ser rico, não nasci para ser pobre! Como me enganei. (Muito boa tbm...)
Ser jornalista é uma profissão aventureira e eu gosto de aventuras e coisas perigosas.
Ser jornalista é ser tolerante?
Ser jornalista é a gente conhecer gente bacana.
Ser jornalista é isso: saber de tudo um pouco e não se aprofundar em nada.
Ser jornalista é como ser modelo ou atleta: chega uma idade em que vc tem que mudar de profissão.
Ser jornalista é ter disposição 24h para escrever.
Ser jornalista é mesmo das coisas mais fantásticas que se pode ser.
Ser jornalista vai além de exercer uma profissão...
Ser jornalista é estar antenado 24 horas por dia, em imagens, formas, fatos e acontecimentos... Ser jornalista é pensar, ler escrever, reescrever, conversar, correr, vencer o tempo...
Ser jornalista é dar tudo de si, é sentir, perceber, viver intensamente para o texto, o contexto, a Justiça, a Democracia...
Ser jornalista é ser imparcial, ético, verdadeiro...
Ser jornalista é ver muito além de olhar...
Ser jornalista é se diferenciar, não se deixar levar, não se contaminar pela imprensa marrom... Porque somos jornalista e não "estamos" jornalistas...
Ser jornalista é estar preso por querer nessa profissão possessiva, arriscada, romântica, maravilhoooooosa.
Leio em qualquer lado que o pior país para se ser jornalista é a Coréia do Norte. (Já estão avisados né?)
No fundo todo mundo acha que ser jornalista é fichinha. ...
Pensando bem, mais difícil do que ser jornalista é ser jornalista e querer ser sério.
Ser jornalista é o fim em uma porção de situações.
Ser jornalista é às vezes conseguir falar calado, escrever o silêncio.
Ser jornalista é poder entrar em shows e eventos sem pagar nada.
Ser jornalista é isto mesmo.
Ser jornalista é ser meio puta! Tu ganhas pelo seu prazer, o numerário é pouco, mas é viciante.
Ser jornalista é estar sempre fazendo cocô.
Ser jornalista é ter que decorar textos quando não se tem TP!
Ser jornalista é um estado de espírito que se adquire com o tempo, com experiência e, sobretudo, com sabedoria.
Ser jornalista é viver a favor da informação, é não ter final de semana nem férias.
Ser jornalista é ser um pouco de quase-tudo.
Ser jornalista é saber informar, não desinformar.
Ser jornalista é uma fatalidade.
Ser jornalista é palpitar sobre tudo, mesmo quando não é chamado.
Ser jornalista é duro...
Ser jornalista é a maior seca do mundo.
Ser jornalista é o fim em uma porção de situações.
Ser jornalista é bonito e tem uma culinária fácil, como se disse: Verdade, Amor, Lealdade, Coragem.
Segundo o Estatuto do Jornalista (Lei n.º 1/99 de 13 de Janeiro): "São considerados jornalistas aqueles que, como ocupação principal, permanente e remunerada, exercem funções de pesquisa, recolha, seleção e tratamento de fatos, notícias ou opiniões, através de texto, imagem ou som, destinados a divulgação informativa pela imprensa, por agência noticiosa, pela rádio, pela televisão ou por outra forma de difusão eletrônica".

Diz ainda o n.º 2 do artigo 1º deste mesmo diploma que: "Não constitui atividade jornalística o exercício de funções referidas no número anterior quando desempenhadas ao serviço de publicações de natureza predominantemente promocional, ou cujo objeto específico consista em divulgar, publicitar ou por qualquer forma dar a conhecer instituições, empresas, produtos ou serviços, segundo critérios de oportunidade comercial ou industrial".
Enfim ser jornalista é tudo e nada!
Mas... pô, jornalista, quer mais?! E o salário, ó...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

FOTOS PITTER LUCENA